Como funciona?

O que é computação em nuvem (cloud computing)? Como ela funciona?

por: Carlos Natale

O termo “nuvem”, quando se fala em tecnologia ou computação, não é novo. Em termos simples, “nuvem” é uma metáfora da Internet. De fato, símbolos de nuvem são usados ​​repetidamente para representar a Internet em diagramas de rede. Se você pensa na Internet como um “espaço” virtual que conecta usuários de todo o mundo, é como uma nuvem. Ele compartilha informações por meio de redes. Para quem trabalha com redes e infraestrutura, a nuvem é um símbolo que é utilizado quando não se sabe ou não se quer explicar o que é ou como está configurada a tecnologia por traz daquilo que a nuvem representa.

Portanto, se voltarmos à questão do que realmente é a computação em nuvem, ela se refere ao compartilhamento de recursos, software e informações por meio de uma rede. Nesse caso, via “Internet” ou mais corretamente, uma conexão com a Internet. As informações e os dados são armazenados em servidores físicos ou virtuais, mantidos e controlados por um provedor de computação em nuvem, como a Amazon e seus produtos da AWS. Como usuário de computação em nuvem pessoal ou comercial, você acessa suas informações armazenadas na ‘nuvem’, por meio de uma conexão com a Internet.

Quais são os diferentes tipos de computação em nuvem?

Atualmente, a computação em nuvem pode significar muitas coisas diferentes, mas existem três categorias principais de serviços de computação em nuvem. Você pode ter ouvido falar sobre ou até já ter usado; Software como Serviço (SaaS), por exemplo – Microsoft 365, Plataforma como Serviço (PaaS), exemplo – salesforce.com e Infraestrutura como Serviço (IaaS), exemplo – Rackspace.

Quais são os exemplos populares de serviços de computação em nuvem hoje em dia?

Houve uma evolução significativa na maneira como salvamos, armazenamos e acessamos dados. E, particularmente, a escala com os bancos de dados nosql não mostra sinais de interrupção da expansão. Você não precisa mais salvar documentos em um dispositivo específico. Você pode acessar arquivos e dados pessoais de qualquer lugar com uma sólida conexão de serviço da Internet, a qualquer momento. Isso é tudo por causa da tecnologia em nuvem.

Uma variedade de provedores de armazenamento em nuvem está disponível, muitos dos quais oferecem espaço de armazenamento gratuito. Alguns exemplos são o Dropbox, Box.com, Google Drive, One Drive  e Backblaze. Sites como o Cloudwards permitem comparar vários fornecedores de armazenamento em nuvem em um só local.

Como o armazenamento em nuvem funciona?

Por meio de uma conexão de serviço da Internet, o armazenamento em nuvem funciona, permitindo que os usuários acessem e baixem dados em qualquer dispositivo escolhido, como notebook, pc, tablet ou smartphone. Os usuários de armazenamento em nuvem também podem editar documentos simultaneamente com outros usuários, facilitando o trabalho fora do escritório.

Como usuário individual, geralmente você pode obter quantidades iniciais de armazenamento em nuvem gratuitamente, mas dependendo das necessidades específicas, opções pagas para o armazenamento pode ser uma ótima solução.  Os modelos de preços comuns incluem taxas mensais ou anuais, dependendo dos serviços que você está usando.

Como funciona a computação em nuvem?

Para entender o funcionamento de um sistema em nuvem, é mais fácil dividi-lo em duas seções: o front-end e o back-end. Eles estão conectados um ao outro através de uma rede, geralmente a Internet. O front-end é o lado do usuário ou cliente do computador. O back-end é a seção “nuvem” do sistema.

O front-end consiste no computador ou na rede de computadores do cliente. Também o aplicativo essencial para acessar o sistema de computação em nuvem. Não é necessário que todos os sistemas de computação em nuvem tenham a mesma interface do usuário.

No back-end do sistema de tecnologia em nuvem, existem vários computadores, servidores e sistemas de armazenamento de dados que compõem a nuvem. Um sistema de computação em nuvem pode incluir qualquer programa de computador, do processamento de dados aos videogames. Geralmente, cada aplicativo terá seu próprio servidor dedicado.

Quais são alguns riscos da tecnologia de computação em nuvem?

As grandes empresas geralmente demandam centenas de dispositivos de armazenamento digital. Os sistemas de computação em nuvem precisam de pelo menos o dobro do número de dispositivos de armazenamento para manter as informações do cliente armazenadas. Isso ocorre porque esses dispositivos ocasionalmente quebram. Um sistema em nuvem faz cópias das informações dos clientes para armazená-las em outros dispositivos. Esse método de fazer cópias de dados como backup é chamado de redundância

Como a tecnologia de computação em nuvem é gerenciada?

Um servidor central gerencia o sistema em nuvem. O objetivo é gerenciar o tráfego e as demandas dos clientes para garantir que tudo corra bem. Ele segue um conjunto de regras chamado protocolos e usa um tipo especial de software conhecido como middleware. O middleware permite que os computadores em rede se comuniquem.

Como o armazenamento em nuvem é gerenciado e como os provedores de serviços em nuvem armazenam tantos dados?

Se o provedor de serviços em nuvem ou a empresa de tecnologia em nuvem tiver vários clientes, é provável que haja uma alta demanda por espaço de armazenamento. É possível ‘enganar’ um servidor físico para pensar que na verdade são vários servidores, cada um executando seu próprio sistema operacional independente. Essa técnica é conhecida como virtualização de servidores, o que reduz a necessidade de máquinas físicas. Este método maximiza a saída de servidores individuais.

Ficou com alguma dúvida? Não deixe de entrar em contato. Estaremos aqui para ajudar!

Tags

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button
Close